Monday, July 17, 2006

Banbazoku

Entre salarymen e office ladies, grupos de meninas bem bizarras se espalham pelas ruas estreitas do bairro comercial de Shibuya, Tokyo. Bronzeadas artificialmente, cabelos pintados de rosa ou outra cor maluca, maquiadas com as sete cores do arco-íris, batom prateado, as Banbazoku (バンバ族) captam o olhar dos que passam. Reúnem-se em grupos de 5 a 10 pessoas, acham um lugar fácil de serem vistas e passam o tempo rindo, falando ao celular, papeando, dançando, tirando fotos com estrangeiros e retocando a maquiagem. Será que fazem algo para mudar o mundo?

Apesar de brincalhonas, levam seu papel a sério. São capazes de demorar 1 hora maquiando até ficarem com esse visual de gorila. Mas isto é uma ofensa aos gorilas.

O que é preciso para ser uma banbazoku? Primeiro é preciso ter vontade e uma suprema auto-determinação para viverem do jeito que escolheram ser. Depois não pode ser homem. As banbazokus do grupo "Angeleek" fazem até um processo de seleção organizado com fichas e entrevistas. Na seleção, a candidata fica sabendo das regras e condutas do grupo. Ao ser aprovada, ela ganha uma nova face regada à maquiagem e é rebatizada com um novo nome, estranho para variar.




Uma banbazoku em transformação.








Shibuya Zoo, seu habitat natural:






Depois e antes: Qual sabor você prefere?

Gostaria de saber o que os leitores acham dessas meninas. Deixem suas impressões nos comentários.

7 Comments:

At 10:18 PM, Blogger Karina Almeida said...

não sabia desse nome... já ouvi falar que as "shibuya's girls" têm dificuldade de arranjar emprego - se é que procuram - e por isso, a maioria é sustentada pela família e muitas se prostituem.

pois é, tem homem que gosta! ou mulher, não sei. mas deve ter gente com umas fantasias malucas como essas meninas aí.

você perguntou o que a gente acha delas. eu acho que elas não fazem bem, nem mal para a humanindade. vejo essas meninas, como "enfeites" (xii, será que enfeitam mesmo??). servem pra chamar a atenção e só.

fiquei com pena quando você disse "shibuya zoo". tadinhas!

 
At 1:40 AM, Blogger Flavinha said...

Oi sou do RJ!..Entrei aqui por um acaso (eu acho) E gostei muito do seu blog....
Nossa! Eu conhecia Harajuku..mas banbazoku... sinceramente não sei dizer o que seria mais "diferente" .. Para mim elas são "normais" da forma delas, como elas fazem "bem" ou "mal" somente a elas mesmas... então são só mais uma atração turistica..rsrs

Até

 
At 11:57 AM, Anonymous thais tiemi said...

Oi Emerson!!!
td certinho!?
que engraçado!!! eu não sabia da existência dessas meninas!!!! hehehe... mas afinal, qual é o intuito delas fazerem isso!?
tem que ter coragem!! hehehe
mande noitcias!
beijossss

 
At 9:25 PM, Blogger Emerson Wan said...

Eu tambem queria saber mais sobre essas meninas, se tem pai, mae, namorado, se estudam, se estao na faculdade, se trabalham, qual eh a filosofia de vida.
Acho que essas meninas muito pacificas e geralmente gang eh associado a coisa ruim. tambem queria saber se elas tem algum lado negro da força.

 
At 7:56 AM, Blogger Afi said...

Será que tem alguma relação com as tradições de pintar o rosto que existe no teatro Nô ou Kabuki?(não sei bem qual é qual infelizmente)
Que dizem os próprios japoneses, desta prática?

 
At 11:21 PM, Anonymous Shigeka said...

Sabe q eu nunca vi nenhuma dessas loucas no trem?? Soh mesmo paradas lah nos arredores de Shibuya... Aposto q elas se trocam por lah mesmo, e depois voltam normais pra casa. Ou seja, acredito q elas levem uma vida normal, e fazem isso simplesmente pra se divertir e ou aparecer, nada alem disso... eu acredito!
Mas se alguem souber de algo mais palpavel, se jah entrou em contato com alguma delas, interrogou, enfim... conta, conta!! rsrsr...

 
At 2:29 PM, Anonymous Raquel said...

Oi, Shigueka! No programa que passou na TV uma das meninas pegava o trem assim mesmo. E olha que ela mora beeem longe de Shibuya, naqueles subúrbios que tem até plantação, sabe? Que nem aqui em Kodaira.

Enfim, mas não sei se ela pegou o trem só porque ia aparecer na NHK. Eu também acho que a maioria se troca no banheiro do McDonald's. Pelo menos em Harajuku a gente vê um monte de meninas "normais" arrastando uma malinha. Naquela malinha elas guardam o disfarce.

 

Post a Comment

<< Home